Quais produtos posso vender pela internet – Top 10

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Qualquer produto pode ser vendido pela internet! Não importa seu segmento, vale a pena vender pela internet.
Porém é necessário criar diferenciais, pois todos produtos com toda certeza, terão concorrências.

Na hora de montar um negócio e começar a vender pela internet, muitos empreendedores se deparam com o mesmo impasse: não saber qual produto vender.

Por isso, disponibilizamos alguns segmentos para você escolher e iniciar de forma simples, fácil e arcando com um baixo investimento.

Segue abaixo 10 segmentos de produtos para começar a vender na internet agora: Moda, Artesanato, Produtos para Petshop, Cosméticos, Material de Papelaria, Bebê Reborn, Salão de Beleza, Produtos Personalizados e Ferramentas.

10 Produtos para vender pela internet agora

1- Moda

Esta categoria não é nenhuma novidade. Além de moda ser o segundo maior segmento do Ecommerce, quem decidir vender esse tipo de produto conta com uma variedade de opções de nichos, como: moda íntima, plus size, urbana…C

Mas não cometa o erro de escolher mais de um desses nichos… É necessário ter foco em apenas uma categoria de produtos e fazer seu negócio muito bem feito e segmentado.

Um problema que as pessoas costumam ter na hora de montar um Ecommerce de Moda é quanto aos fornecedores. Acham difícil encontrá-los, além de caros. No entanto, isso tem solução.

Existem várias formas de encontrar fabricantes para o seu negócio sem arcar com um alto investimento inicial.

Para te ajudar, separei as 3 melhores formas:

  • Ir à feirões de moda da sua cidade e negociar com diversos fornecedores.
  • Entrar em contato com lojas multi-marca e negociar propostas de revenda (geralmente elas possuem programas de revenda que possibilitam grandes descontos) .
  • Encontrar polos do mercado de moda da sua região para comprar e revender peças de roupa.

2- Artesanato

Essa categoria, por mais que seja subestimada, conta com vários benefícios.

Além de ter muita procura no mercado por possuir um ticket médio mais baixo, ela possibilita que empreendedores com habilidades manuais tenham a chance de realmente viver de sua arte investindo muito pouco.

Mas não pense que essa categoria é ideal apenas para aqueles que são seus próprios fabricantes. Existem muitas feiras e eventos que reúnem centenas de artesãos dispostos a negociar seus produtos para revenda.

Por isso, se você está atrás de algo fácil, que não necessite de um grande investimento, de tempo e de dinheiro, o artesanato pode ser uma ótima saída.

3- Produtos para Petshop

As pessoas têm se preocupado cada vez mais com o bem-estar de seus bichos de estimação e, por essa razão, estão investindo em produtos e serviços de maior qualidade.

Não à toa que o mercado de itens para petshop possui um crescimento de 7% ao ano, de acordo com as estimativas do Instituto Pet Brasil.

Por conta de tamanho potencial, o segmento de venda de artigos para animais está ficando cada vez mais concorrido.

Mas isso não é motivo para desmotivação: com planejamento, dedicação e estratégias eficientes você pode consolidar a sua marca e ocupar as primeiras posições nesse mercado.

Sem contar que esta categoria possui uma grande variedade de produtos, possibilitando que os empreendedores que optarem por esse segmento consigam ter um amplo leque de opções.

Além disso, é possível atuar nesse segmento arcando com muita praticidade. Existem diversos fornecedores e lojas que vendem em atacado dispostos a negociar.

4- Cosméticos

A revenda de cosméticos online é um ramo muito promissor para quem gosta de atuar com produtos de cuidados pessoais.

Além de contar com a presença de um grande público feminino, agora esta categoria também conta também com muitos homens que têm recorrido ao ramo para tratar, principalmente, da barba e do cabelo.

Hoje, a categoria mais vendida do Ecommerce é beleza. Se você ainda acha que a venda de cosméticos é aquela de porta em porta, dando pouco retorno para o empreendedor, saiba que essa não é mais a realidade.

Uma das vantagens de se trabalhar com a revenda de cosméticos online é a possibilidade de poder trabalhar com marcas variadas.

Portanto, ao oferecer diversas opções, você consegue atrair um público ainda maior e atender a todos.

5- Material de Papelaria

Já foi o tempo em que material para escritório e papelaria eram comprados apenas no meio físico.

Como este segmento se trata de produtos com uma alta procura e necessidade para o dia a dia, os consumidores buscam cada vez mais efetuar compras online e arcar com mais facilidade e praticidade.

Afinal, é sempre naquela “hora H” que o grampeador, tesoura, tinta para impressão e demais produtos como esses somem ou simplesmente não foram comprados.

Além disso, muitas feiras e importadoras deste mercado fazem negociações interessantes, vendendo a preço de custo, sem exigir que você tenha um CNPJ.

7- Bebê Reborn

Esse segmento é muito interessante porque, apesar de ser desconhecido, possui muita procura.

Trata-se de uma categoria de bonecas realistas que têm muita demanda no segmento infantil.

Sabe aquelas bonecas de plástico que você costumava ver ou brincar quando era criança? Pois é… elas evoluíram e, hoje, você pode vendê-las com uma margem de lucro muito alta.

Além disso, quem escolher atuar neste nicho vai contar também com algumas facilidades de compra, negociando com importadores interessados em novas propostas.

8- Produtos de salão de beleza

Aqui, a procura também é muito grande. Cada vez mais pessoas e profissionais do ramo de beleza estão em busca de produtos e equipamentos de estética para ter em casa.

Para quem vende produtos de beleza na internet, investir em um segmento promissor dentro desta categoria e se posicionar como especialista nele pode colocar seu negócio à frente da concorrência.

E, para selecionar qual caminho seguir, fique atento às notícias divulgadas pela imprensa, principalmente àquelas que repercutem estudos de empresas globais apontando tendências.

Vale também seguir as redes sociais de marcas consagradas e influenciadores que falam sobre o nicho.

Um bom exemplo de subcategoria promissora é a de produtos relacionados à vida saudável, responsabilidade social e sustentabilidade.

9- Produtos personalizados

Com a grande concorrência no comércio eletrônico, uma das alternativas para o varejista que deseja se destacar é oferecer ao consumidor a possibilidade de personalizar o produto que deseja adquirir.

Aqui, toda e qualquer habilidade com design e criação é bem-vinda!

Como esse mercado já existe há um tempo e possui grandes concorrentes, é fundamental que você se diferencie trazendo novas tendências, priorizando a qualidade.

Esta categoria é perfeita para aqueles que querem entrar no mundo do empreendedorismo de cabeça e com pouco investimento inicial.

10- Ferramentas

A categoria de ferramentas é uma das mais conhecidas no Ecommerce e, apesar de parecer um pouco usual, possui produtos super em alta.

Por isso, se você é daqueles que têm algum interesse em mecânica ou produtos do tipo, saiba que existe uma grande procura por esse mercado.

Neste segmento, muitos importadores também não exigem CNPJ para compra. Assim, você consegue começar literalmente do zero, investindo muito pouco.

Com a Criar Loja Online você cria sua loja em poucos minutos de forma fácil e intuitiva. Comece agora, não perca mais tempo!